Sangue indígena, nenhuma gota a mais – mobilização em Lisboa, 31 de janeiro de 2019

______ prendeu a cabra a um castanheiro que se via da janela mas estava longe; a cabra não deixava de se ouvir e, mesmo depois do pôr-do-sol,      balia; disse que ia cortar-lhe o som, e dirigiu-se para ela com a mão direita e uma faca; o pêlo agitou-se sem balir, e ficou a sangrar; mais nenhum … Continuar lendo Sangue indígena, nenhuma gota a mais – mobilização em Lisboa, 31 de janeiro de 2019