caminhos do sangue na terceira semana do embrião

  durante a terceira semana do desenvolvimento embrionário, o sangue que se foi gerando a partir de adensamentos (ilhotas sanguíneas) que foram acontecendo na superfície da camada meso-extraembrionária em redor do saco vitelino e do pedículo do embrião (essa massa de tecido meso que permaneceu ligando essa gelatina à gelatina que "forra" o interior do … Continuar lendo caminhos do sangue na terceira semana do embrião

embriologia experiencial – estudo da fonte do nascer do gesto que se vai fazendo alguém

pulsação centro-periferia que também é dança de roda ir da periferia ao centro, do centro à periferia em ondulações é de uma qualidade tão diferente de ir em linhas * delinear traçar riscar: 8 ou ∞ com a pélvis no plano aéreo imaginário paralelo ao chão, trecho de vento ou simplesmente oxigênio paralelo aos nossos … Continuar lendo embriologia experiencial – estudo da fonte do nascer do gesto que se vai fazendo alguém

steve no c.e.m – conversa com

https://www.youtube.com/watch?v=qntrqhkr97g   a close, human, brilliant, informal conversation with the wonderful Steve Paxton in the white heart of c.e.m-centro em movimento, an artistic research organism in the studies of Body, Movement and the Common. a relaxed, open and vibrant meeting with the presence of Sofia Neuparth, Romain Bigé and whoever else felt invited 😉 uma … Continuar lendo steve no c.e.m – conversa com

escreve-dança-lê small dance

áudio colocado num dos headphones da seção dedicada à experienciação da small dance, uma sala em penumbra, na exposição steve paxton: esboço de técnicas interiores, na culturgest lisboa, com a curadoria de romain bigé e joão fiadeiro. voz sofia neuparth com trabalho de som de bruno de azevedo - audio writing-dancing-reading small dance in portuguese … Continuar lendo escreve-dança-lê small dance

na fila de uma conferência

como se para conversar houvesse filas, aguardo entrar para ouvir e ondular na voz de alguém. no ar das clavículas, cérebro, mandíbulas, ainda que não faça perguntas, não peça pelo microfone, falo no encontro dos lábios, na vibração que ainda não sabemos bem identificar. escuto no steve paxton o imemorial de lidar com realidades não … Continuar lendo na fila de uma conferência