speak loud!

contaminado pelas telas e pelas vozes da última sala da exposição Steve Paxton: esboço de técnicas interiores, pela língua que enrola-se em outra língua e pelos sonhos de poucas luzes… um desejo que aconteceu da leitura em voz alta, gravada, de um texto que estava meio escondido numa mesinha.

 

 

vídeo e texto dally schwarz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s