rastro do espaço experimental de novembro

laura enxugar os olhos -- um estar perto e longe assim -- perto -- de ver o que é sofia ó um poema dançado sobreimpresso a um poema lido sobreimpresso ao fato de que somos todos prisioneiros políticos sobreimpressos sofia n margarida a a profundidade do ouvido a duas -- ouvidos que traçam linhas pela … Continuar lendo rastro do espaço experimental de novembro

Anúncios

à dança que conheço e (já não) esqueço

Rua dos Fanqueiros, n. 150 Lisboa, Portugal Dança amada de chegada delicada. Acompanho esta entrada na fantasmagoria da terra. Espero poder te dizer imensas coisas, enquanto isso ouço. 
Um bocado de sede, que desperta as securas. A chegada dos segredos daquilo que se contorce, daquilo que treme, daquilo que é violado. As barrigas dos pés … Continuar lendo à dança que conheço e (já não) esqueço